As mulheres e as doenças no coração

Voltar
23/06/2015

Post


Por ano, mais de 17 milhões de pessoas morrem vítimas de doenças no coração. Estudos apontam que dos 360 mil casos anuais no Brasil, 30% das vítimas são mulheres, e que elas têm maior chance de morrer em decorrência de um infarto.
 
Entre os principais fatores de risco das mulheres estão: hipertensão, colesterol, diabetes, obesidade abdominal, sedentarismo, cigarro e interação entre fumo e anticoncepcional. De acordo com especialistas, 90% dos riscos são determinados por esses fatores e pelo estilo de vida, contra 10% da carga genética. Ou seja, é possível mudar esse quadro.
Mulheres estão mais suscetíveis a essas doenças após os 50 anos, principalmente quando chegam à menopausa. Por isso, é fundamental realizar avaliações médicas periódicas para detecção de fatores de risco cardiovasculares.
 
É sempre bom lembrar que hábitos de vida saudáveis incluem dieta balanceada, atividade física, combater o estresse, controlar o colesterol, o açúcar no sangue e a pressão arterial, além de não fumar.