Vacina garante proteção contra a caxumba

Voltar
06/08/2015

Post


No inverno e primavera é comum o surgimento de casos de caxumba. Nos últimos dias, a região Sudeste tem apresentado um aumento nos casos dessa doença infecciosa que atinge, em especial, as glândulas parótidas.

Vários sintomas perceptíveis aparecem nas pessoas que estão infectadas pelos vírus. Entre os mais comuns estão: febre alta, calafrios, fraqueza, dores musculares e outros como o inchaço e fortes dores na região das glândulas parótidas (região das orelhas).

Se não tratada corretamente, a caxumba pode provocar quadros mais complicados e causar meningite e surdez. Nos casos mais graves, a caxumba pode levar à morte. A vacina é o grande instrumento de prevenção à doença. Obrigatória, a vacina tríplice-viral deve ser tomada a partir dos 12 meses, em duas doses, com intervalo de no mínimo de três meses entre elas.