Dia de Prevenção e Combate à Surdez

Voltar
10/11/2015

Post


No dia 10 de novembro celebra-se o Dia Nacional de Prevenção e Combate à Surdez. A data tem o intuito de lembrar a importância da prevenção e do tratamento de doenças relacionadas à perda auditiva, uma das deficiências mais comuns no Brasil.

A cada mil crianças nascidas no país, de uma a três nascem com deficiência auditiva. Os pais devem ficar atentos às orientações dadas pelo pediatra e, se diagnosticado algum problema médico relacionado ao ouvido, recomenda-se procurar um otorrinolaringologista.

Problemas de audição podem ser diagnosticados no segundo ou terceiro dia de vida do bebê, por meio da Triagem Auditiva Neonatal ou Teste da Orelhinha, o diagnóstico precoce permite resgatar a audição em quase 100% dos casos.

Em adultos, a perda auditiva é mais perceptível após os 65 anos. Com acompanhamento médico é possível conviver com o problema sem perder a qualidade de vida. Para quem ainda não chegou à terceira idade, o recomendável é preveniros fatores de risco para a audição no ambiente de trabalho (ruído, vibração, produtos químicos) e utilizar equipamentos de proteção individual (EPI), além de evitar exposição ao ruído não ocupacional (aparelhos eletrônicos, ambientes de lazer com níveis sonoros elevados e outros).