Governo aumenta licença-paternidade

Voltar
11/04/2016

Post


Pais que trabalham em empresas que integram o programa “Empresa Cidadã”, do governo federal, terão direito à licença-paternidade de 20 dias. Para os demais trabalhadores com registro em carteira, ficam valendo os 5 dias regulamentados . A medida ainda não vale para o serviço público, mas cada órgão pode fazer sua regulamentação.


Também em caso de adoção, o papai poderá gozar da licença de 20 dias, desde que a empresa em que trabalha faça parte do “Empresa Cidadã”. No caso da licença de 20 dias, ela será paga pelo empregador, que poderá deduzir esse valor dos impostos a serem pagos.