Pintas podem indicar doenças

Voltar
11/07/2016

Post


Pintas na pele merecem atenção, pois podem significar algo mais sério. Por isso, é importante sempre acompanhar a pinta, de nascença ou adquirida, e observar se ela está crescendo ou se mudou de cor.

Se houver sangramentos e coceiras, ou ainda modificações no aspecto da manchinha, consulte um dermatologista. Uma avaliação clínica pode identificar o desenvolvimento de uma doença ou até se a lesão é cancerígena.

As dicas para suspeitar das pintinhas são: assimetria, cores diferentes e dimensão (quanto maior, mais perigosa). Quem tem caso de câncer de pele na família, precisa de atenção redobrada. O uso do protetor solar, inclusive no inverno, chapéus, sombrinhas, bem como evitar a exposição ao sol das 10h e às 16h são fundamentais para a prevenção. E lembre-se: a qualquer sinal de alerta, o dermatologista deve ser procurado.