Chuvas: cuidado com água contaminada

Voltar
11/03/2019

Post


As chuvas constantes de março podem representar um perigo à saúde. Por isso, a Secretaria de Estado da Saúde alerta para os cuidados a serem tomados durante as intempéries desta época do ano. O objetivo é evitar o risco de contágio por doenças que são transmitidas pelo contato com a água poluída, decorrente de transbordamento de esgotos e rios.
 
A bactéria leptospira, causadora da leptospirose, presente na urina de ratos, por exemplo, provoca febre, dores de cabeça e nos músculos e náuseas. Os sintomas da doença podem surgir no dia seguinte após o contato com a leptospira ou manifestar-se tardiamente, depois de um mês do contágio. Além da leptospirose, outras doenças podem se manifestar após o contato com águas contaminadas, entre elas, a hepatite A, diarreia e febre tifoide.

Desta forma, recomenda-se evitar ao máximo o contato com a água contaminada. Assim, caso sua casa ou automóvel tenha sido atingido por enchente, providencie a limpeza e desinfecção completa, sempre com a proteção de luvas e botas de borrachas. Além disso, jogue fora medicamentos e alimentos que entraram em contato com as águas da enchente, mesmo que estejam embalados ou fechados.